Adoção de Tecnologia da Informação pelas Micro e Pequenas Empresas do Setor Hoteleiro de Sergipe

  • Wagner Amaral e Silva Universidade Federal de Sergipe
  • Rivanda Meira Teixeira Universidade Federal de Sergipe
Palavras-chave: Tecnologia da Informação. Adoção. Turismo. Setor Hoteleiro. Micro e Pequenas Empresas.

Resumo

Grandes empresas do setor de turismo fazem o uso intensivo de Tecnologia da Informação (TI), também denominada Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), na promoção de seus produtos ou serviços e essa tendência também tem sido incorporada pelas micro e pequenas empresas (MPE) do setor hoteleiro. Para melhor compreender tal fenômeno, este estudo tem o objetivo de analisar os fatores que afetam a adoção de TI pelas MPEs do setor hoteleiro do estado de Sergipe. Possui abordagem qualitativa e utiliza como estratégia de pesquisa a de estudo de casos múltiplos. Verificou-se que as empresas hoteleiras que participaram do estudo possuem computadores e todos são conectados à Internet. Verificou-se também que a indisponibilidade da TI tem impacto negativo nos negócios. Identificou-se diferentes perfis de gestores e observou-se que o conhecimento em informática dos funcionários é indispensável. As limitações deste estudo são inerentes à estratégia de estudos de caso.

Biografia do Autor

Wagner Amaral e Silva, Universidade Federal de Sergipe
Bacharel em Ciência da Computação e Mestrando em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Sergipe
Rivanda Meira Teixeira, Universidade Federal de Sergipe
Mestrado em Administração pela COPPEAD/UFRJ (1979). Doutorado em Administração pela Cranfield University Inglaterra (1996). Pós Doutorado em Gestão Turismo na Bournemouth University, Inglaterra e na Strathclyde University Escócia (2000-2001). Pós Doutorado em Empreendedorismo em Turismo na HEC em Montreal, Canadá (2007). Coordenadora do Mestrado em Administração da UFS, Professora dos Mestrados em Administração e Economia da UFS
Publicado
30-03-2014
Seção
Artigos