Inclusão social, cidadania e turismo – uma investigação sobre a existência de serviços adaptados às pessoas com necessidades especiais nos meios de hospedagem da região metropolitana de Curitiba

  • Elizabete Sayuri Kushano Campus Ministro Reis Velloso da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Parnaíba, Piauí, Brasil
  • Wolney Gomes Almeida Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Ilhéus, Bahia, Brasil
Palavras-chave: Turismo. Inclusão social. Pessoas com necessidades especiais. Surdos.

Resumo

O presente trabalho reflete sobre a importância da inclusão social no Turismo, especialmente junto às pessoas com necessidades especiais. Aborda o conceito de inclusão social e o direito do exercício da cidadania. Como procedimento metodológico utilizou-se de uma busca em todos os sites oficiais dos meios de hospedagem da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) com o intuito de verificar se em tais há adequações (instalações, equipamentos, serviços etc.) para o hóspede com necessidades especiais, bem como investiga (e/ou confirma), por meio de entrevista por telefone, quantas unidades habitacionais adaptadas existem no meio de hospedagem e qual(is) necessidade(s) especial(is) é (são) atendida(s). Foram identificados 115 meios de hospedagem na RMC com site em funcionamento no período da pesquisa. Desses, 25 informam ter unidades habitacionais adaptadas (UHs), totalizando 37 UHs em toda a RMC. Porém, todas são direcionadas para cadeirantes. Raros meios de hospedagem possuem informação em braile e nenhum possui atendimento em língua de sinais. A inclusão social e cidadania refletem em expor empresas socialmente responsáveis. Seja pelo caráter da filosofia da própria empresa, ou mesmo para cumprir determinada legislação, como também para assegurar uma boa imagem perante a sociedade, o fato é que ter produtos e serviços que abarquem a inclusão de pessoas com necessidades especiais está, felizmente, sendo menos incomum.

Biografia do Autor

Elizabete Sayuri Kushano, Campus Ministro Reis Velloso da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Parnaíba, Piauí, Brasil
Professora Efetiva da Universidade Federal do Piauí - UFPI, Curso de Bacharelado em Turismo, Campus Ministro Reis Velloso (Parnaíba - PI). Bacharel em Turismo pela UFPR. Mestre em Cultura e Turismo pela UESC/UFBA. Pós-graduada em Comunicação e Turismo pela cátedra UNESCO/UMESP. Docência e pesquisa em planejamento e gestão do turismo, com enfoque nas áreas de: hospitalidade, segmentação de mercado, planejamento e desenvolvimento de meios de hospedagem, estratégias de comunicação e marketing promocional de produtos e serviços turísticos e empreendedorismo no turismo (currículo atualizado em 23/01/2009). CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/0012178721094020
Wolney Gomes Almeida, Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Ilhéus, Bahia, Brasil
Possui Mestrado em Cultura e Turismo pela Universidade Estadual de Santa Cruz (2008), graduação em Comunicação Social Radio e Tv (2005) pela mesma instituição. Atualmente é professor Da UESC - Universidade Estadual de Santa Cruz e da Unime - Uniao Metropolitana de Educação e Cultura ministrando a disciplina LIBRAS. É intérprete e instutor de LIBRAS - Lingua Brasileira de Sinais, possuindo certificação de intérprete/tradutor de libras e instrutor de Libras reconhecido e autorizado pelo MEC. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Videodifusão, atuando principalmente nos seguintes temas: inclusao social, comunidade surda, turismo, comunicação e surdos (currículo atualizado em 01/02/2009). CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/0255287881353014
Publicado
01-11-2008
Seção
Artigos