Práticas de orçamento: um estudo em empresas hoteleiras do Brasil

  • Paula de Souza Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Rogério João Lunkes Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Palavras-chave: Orçamento. Planejamento. Execução. Controle. Hotel.

Resumo

O presente estudo tem como objetivo explorar as práticas orçamentárias em empresas hoteleiras dos principais centros turísticos do Brasil. A justificativa se orienta na quantidade de turistas estrangeiros recebidos pelos dez principais destinos turísticos brasileiros, que atinge 95% do país. Outra motivação é a carência de pesquisas em empresas hoteleiras nos países em desenvolvimento, devendo ser considerado também que o Brasil sediará a Copa do Mundo em 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016, o que requer uma estrutura hoteleira adequada para receber um grande número de atletas e turistas. Assim, para atingir o objetivo deste estudo, foram enviados questionários aos hotéis associados à Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), recebendo retorno de 40 empresas hoteleiras. A estatística descritiva foi aplicada sobre os resultados, com a finalidade de melhorar a base das discussões. Os resultados apontam que a maioria dos hotéis adota o orçamento empresarial, tendo o bottom-up como processo orçamentário predominante. A pesquisa mostra que os orçamentos são elaborados, com maior frequência, utilizando-se os resultados de anos anteriores e indicadores econômicos. Na avaliação de desempenho, são frequentemente aplicadas a análise comparativa, a análise das causas dos desvios e as medidas de adequação. A análise das variações estão principalmente direcionadas para o controle dos custos/despesas, a identificação de problemas potenciais e o fornecimento de feedback para o próximo período.

Biografia do Autor

Paula de Souza, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Paula de Souza Mestre em Contabilidade (PPGC/UFSC) Contadora (CRC/SC 37.543/O-5)
Rogério João Lunkes, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003). Pós-doutor pela Universidad de Valéncia-Espanha (2011). Atualmente é docente do Programa de Pós-graduação em Contabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina.
Publicado
08-12-2015
Seção
Artigos