A cidade e seus <I>souvenires</I>: o Rio de Janeiro para o turista ter

  • Bianca Freire-Medeiros Centro de Pesquisa e Documentação Histórica Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas (CPDOC/FGV), Rio de Janeiro, Brasil.
  • Celso Castro Centro de Pesquisa e Documentação Histórica Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas (CPDOC/FGV), Rio de Janeiro, Brasil.
Palavras-chave: Turismo. Souvenir. Rio de Janeiro.

Resumo

A proposta deste artigo é examinar alguns aspectos da representação turística da cidade do Rio de Janeiro a partir de seus souvenires. Reflete sobre a imagem turística da cidade tal como aparece nas “lembranças da terra”, nos objetos considerados tipicamente de interesse para turistas, a partir de um duplo movimento: ao material coletado em quatro lojas localizadas na Zona Sul do Rio, contrapõem-se souvenires encontrados em outros contextos culturais. Procura uma chave de interpretação possível do lugar que os souvenires ocupam na trama maior de representações e produtos culturais que estabelecem o Rio de Janeiro como destino turístico.

Biografia do Autor

Bianca Freire-Medeiros, Centro de Pesquisa e Documentação Histórica Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas (CPDOC/FGV), Rio de Janeiro, Brasil.
Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, pós-graduação em Sociologia Urbana pela mesma universidade, mestrado em Sociologia pelo IUPERJ e doutorado em História e Teoria da Arte e da Arquitetura - Binghamton University/SUNY. Foi pesquisadora convidada do Centro para Estudos do Desenvolvimento e Migração da Universidade de Princeton (2003) e recém-doutora no Dept./Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais da UERJ (2004/05 - bolsista Faperj). Atualmente é pesquisadora plena do CPDOC/FGV onde leciona e desenvolve três projetos complementares: "Ações solidárias e o consumo de experiências: Um estudo sobre o campo do turismo voluntários no Rio de Janeiro" (com apoio da FAPERJ), Touring Poverty in Buenos Aires, Johannesburg and Rio de Janeiro (financiada pela Foundation for Urban and Regional Research) e História do Turismo no Rio de Janeiro (com Celso Castro). A pesquisa "A Construção da Favela Carioca como Destino Turístico" (aprovada no Edital MCT/CNPq 61/2005 e concluída em novembro de 2008) será publicada sob a forma de livro na coleção FGV de Bolso (Editora FGV) em 2009 e servirá como base para a produção do documentário ROCINHA À VISTA, contemplado com o prêmio da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. Em parceria com Helena Bomeny, vem se dedicando à escrita de um livro de Sociologia para o Ensino Médio e, com Maria Helena B. e Vaz da Costa (UFRN), está organizando a coletânea de artigos intitulada "Transgressões", ambos a serem lançados em 2009. Publicou artigos e capítulos de livro em português, inglês e espanhol sobre os seguintes temas: cultura de viagem, sociologia urbana, cultura midiática e Brasil/Estados Unidos. Trabalha, também, como pesquisadora de texto da Rede Globo (currículo atualizado em 18/12/2008). CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/0545915915949239
Celso Castro, Centro de Pesquisa e Documentação Histórica Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas (CPDOC/FGV), Rio de Janeiro, Brasil.
Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986), Mestre (1989) e Doutor em Antropologia Social pelo Museu Nacional da UFRJ. Desde 1986 é pesquisador do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas, do qual é, desde janeiro de 2005, diretor e, desde março de 2008, professor titular. Atua no ensino de graduação e pós-graduação da FGV e é diretor de coleções da editora Jorge Zahar. Tem experiência nas áreas de Antropologia e História do Brasil, atuando principalmente no estudo dos militares na história brasileira. Também tem trabalhos publicados na área de Teoria da Cultura e Turismo e Ciências Sociais (currículo atualizado em 23/01/2009). CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/3925313820381763
Publicado
01-09-2007
Seção
Artigos