Análise da sustentabilidade do turismo: um estudo em comunidades indígenas no Estado de Roraima, Brasil

  • Cristiane do Nascimento Brandao Fundação Getulio Vargas - EAESP/FGV
  • José Carlos Barbieri Fundação Getulio Vargas - EAESP/FGV
  • Edgar Reyes Junior Universidade Federal de Roraima - UFRR
Palavras-chave: Turismo Sustentável. Turismo Indígena. Indicadores de sustentabilidade. Desenvolvimento sustentável.

Resumo

A presente pesquisa foi realizada em três comunidades indígenas do estado de Roraima, que encontraram no turismo uma alternativa para o desenvolvimento local sustentável. Dado que esta atividade pode trazer consequências positivas e negativas, o objetivo deste trabalho é analisar, por meio de um estudo de casos, os impactos sociais, culturais, econômicos e ambientais do turismo em comunidades indígenas. Foi utilizado o método quantitativo com aplicação de questionários. As unidades de análise da pesquisa foram os indígenas moradores das comunidades pesquisadas. A amostra da pesquisa foi constituída de 210 respostas válidas. Para a análise dos dados utilizou-se estatística descritiva e análise multivariada. O estudo revelou que a atividade turística pode trazer benefícios (econômicos, sociais, culturais e ambientais) para as comunidades, bem como sugere que sejam priorizadas ações que visem transformar as iniciativas existentes em destinos de excelência em turismo indígena.

Biografia do Autor

Cristiane do Nascimento Brandao, Fundação Getulio Vargas - EAESP/FGV
Doutoranda em Administração de Empresas Departamento de Operações EAESP/FGV
José Carlos Barbieri, Fundação Getulio Vargas - EAESP/FGV
Doutor em Administração de Empresas Departamento de Operações EAESP/FGV
Edgar Reyes Junior, Universidade Federal de Roraima - UFRR
Doutor em Administração de Empresas Universidade Federal de Roraima - UFRR
Publicado
08-12-2015
Seção
Artigos