Qualidade das calçadas na cidade de Camboriú/SC: em busca da acessibilidade e mobilidade sustentável para área turística

Rafaela Vieira, Raíza Morastoni

Resumo


O objetivo é identificar o Índice de Caminhabilidade da área urbana de Camboriú, apontando os bairros que apresentam as melhores e piores condições de deslocamentos a pé. O método de abordagem é o indutivo e o de procedimento o estudo de caso. A pesquisa foi estruturada em quatro etapas: elaboração e aprovação do projeto, coleta de dados, tabulação e mapeamentos temáticos, análise e discussão dos resultados. As técnicas adotadas foram pesquisa bibliográfica, documental e de campo, com observação direta intensiva. O resultado é um Índice de Caminhabilidade de 1,93, o que indica uma situação crítica, necessitando qualificação das calçadas como forma de melhorar a infraestrutura do turismo, garantindo a permanência e aumento da atratividade. Este é um dado útil no processo de planejamento territorial do turismo, na busca pela acessibilidade e mobilidade sustentável.

Palavras-chave


Calçadas; Acessibilidade; Mobilidade; Turismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7784/rbtur.v7i2.516

Direitos autorais 2014 Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo

 

Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo
e-ISSN: 1982-6125 -  Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Nacional de Pós-Graduação em Turismo (ANPTUR) - Contatorbtur@anptur.org.br