Souvenirs gastronômicos na percepção do turista: o caso do queijo minas artesanal do serro

  • Mirna de Lima Medeiros Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Graziela Scalise Horodyski Universidade Estadual de Ponta Grossa / Universidade Federal do Paraná
  • João Luiz Passador Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Atitude. Souvenir Gastronômico. Queijo Minas Artesanal. Serro.

Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar o queijo minas artesanal como souvenir gastronômico, sob a percepção do turista. A justificativa do tema refere-se ao fato de que os souvenirs carregam diversos significados para o turista e também servem à divulgação do destino. Os souvenirs gastronômicos permitem uma memória gustativa e um compartilhamento da vivência diferenciado. A escolha do queijo minas artesanal do Serro como souvenir gastronômico deu-se pelo fato desse produto ser componente da cultura do estado de Minas Gerais (Brasil) e detém registro de patrimônio imaterial e de indicação geográfica. A abordagem da pesquisa foi quanti-qualitativa e optou-se pela metodologia de questionário aplicado online a pessoas que viajaram à região produtora. Obteve-se 129 respostas, das quais 103  consideradas válidas. Também foi realizada observação direta em locais de comercialização durante pesquisa de campo. Sua originalidade decorre dos escassos trabalhos sobre souvenirs gastronômicos e mais especificamente sobre produtos com registro de indicação geográfica como souvenirs dessa categoria. Os resultados apontam fragilidades na comercialização do produto como souvenir gastronômico. Entretanto, os respondentes demonstraram atitude favorável a questões relacionadas a identidade diferenciadora, identificação da origem, embalagem adequada e transporte facilitado. Os achados são congruentes com a proposta de Horodyski et al. (2014).

Biografia do Autor

Mirna de Lima Medeiros, Universidade Estadual de Ponta Grossa
Professora no curso de Turismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG); é Líder do Centro de estudos em gestão estratégica de marketing em Turismo (MarkTur/UEPG) e Pesquisadora do Centro de Estudos em Gestão e Políticas Públicas Contemporâneas (GPublic/ USP) e do Grupo de Pesquisa Ordenação Territorial e Competitividade em Turismo (UEPG).
Graziela Scalise Horodyski, Universidade Estadual de Ponta Grossa / Universidade Federal do Paraná
Professora e pesquisadora do Departamento de Turismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa e do Programa de Pós-Graduação em Turismo da Universidade Federal do Paraná-Mestrado. Líder do Centro de estudos em gestão estratégica de marketing em Turismo (MarkTur/UEPG).
João Luiz Passador, Universidade de São Paulo
Professor Associado da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-RP/USP) e Coordenador do Centro de Estudos em Gestão e Políticas Públicas Contemporâneas (GPUBLIC/USP).
Publicado
01-05-2017
Seção
Artigos