Consumo de vinhos na cidade do Recife (Brasil): uma pesquisa da relevância dos atributos da bebida no momento da compra

  • Nayara Diniz Universidade Federal de Pernambuco
  • Simone Almeida Universidade Federal de Pernambuco
  • Viviane Salazar Universidade Federal de Pernambuco
  • Anderson Gomes de Souza Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Comportamento do consumidor. Vinho. Atributos do produto. Escala Best-Worst.

Resumo

Este estudo, de natureza teórico-empírica, diz respeito à identificação e análise de atributos relevantes no processo de decisão e compra de vinhos para consumidores do Recife. O modelo teórico adotado foi desenvolvido com base na identificação dos atributos do vinho avaliados mais frequentemente em estudos do comportamento do consumidor em diversos países. Consequentemente, com base no trabalho de Goodman et al. (2007), o grau de relevância de cada atributo foi classificado por meio da escala Best-Worst Scaling (BWS). Destarte, a abordagem metodológica adotada foi a quantitativa, cujo método de coleta de dados foi o questionário, adaptado de Forbes (2008) e Groot (2011), administrado em meio a um amostra de 100 consumidores. Os resultados mostraram que, preço, marca, prêmios, teor alcóolico e rótulo frontal atraente foram considerados atributos importantes para os consumidores. No entanto, os atributos decisivos para a decisão e compra eram outros: variedade da uva, país de origem do vinho, harmonização com alimentos e as informações no rótulo traseiro. 

Publicado
02-01-2017
Seção
Artigos