O turismo místico-esotérico na Zona Uritorco (Córdoba, Argentina): síntese de uma perspectiva etnográfica

  • Alejandro Otamendi Instituto de Ciencias Antropológicas, Facultad de Filosofía y Letras (FFYL) de la Universidad de Buenos Ayres (UBA), Buenos Ayres, Argentina
Palavras-chave: Turismo Esotérico. Córdoba. Uritorco. Narrativas.

Resumo

O presente artigo objetiva sintetizar o processo histórico de construção social e as mudanças produzidas nas representações simbólicas dos moradores da localidade turística Capilla del Monte (Córdoba, Argentina) a partir do surgimento de novos marcos de significados nas últimas duas décadas. Também será brevemente descrito, de uma perspectiva etnográfica, a forma em que os turistas esotéricos, os novos “capillenses” (residentes vindos na última onda migratória) e os órgãos públicos de turismo locais, colaboraram de diferentes formas na origem e surgimento de uma região simbólica peculiar denominada: Zona Uritorco, na serra do mesmo nome, onde desenvolveu-se um discurso místico-esotérico muito peculiar no qual combinam-se narrativas associadas ao sobrenatural, ao étnico, ao natural e, especialmente, o extra-terrestre.  

Biografia do Autor

Alejandro Otamendi, Instituto de Ciencias Antropológicas, Facultad de Filosofía y Letras (FFYL) de la Universidad de Buenos Ayres (UBA), Buenos Ayres, Argentina
Doutorando em Antropologia Social. Instituto de Ciencias Antropológicas, FFYL, UBA Professor da Universidad de Buenos Aires, Argentina
Publicado
01-05-2008
Seção
Artigos