Sistema de indicadores de sustentabilidade do desenvolvimento do turismo: um estudo de caso do município de Areia – PB

Nicole Cavalcanti Silva, Gesinaldo Ataíde Cândido

Resumo


O objetivo deste artigo é identificar e analisar o nível de sustentabilidade da atividade turística no município de Areia - PB, através de aplicação da metodologia do Sistema de Indicadores de Sustentabilidade do Desenvolvimento do Turismo (SISDTur), proposto por Hanai (2009). A pesquisa caracteriza-se como descritiva e exploratória, de natureza quantitativa, complementada por análise de dados secundários e observação não participante. Foram estabelecidos três estágios de critérios de análises dos dados: análise dos indicadores, onde os dados coletados foram tratados por meio de técnicas estatísticas: média, desvio-padrão e coeficiente de variação; análise das dimensões e análise global da sustentabilidade. Os resultados obtidos apontam que o município pesquisado apresenta-se parcialmente insustentável, comprovada pela faixa do padrão de sustentabilidade e insustentabilidade, pois das seis dimensões da sustentabilidade duas apresentaram-se em sustentabilidade intermediária, duas parcialmente insustentáveis e duas insustentáveis. Tal situação demanda novas e melhores formas de atuação dos gestores públicos na implementação de investimentos, planos e projetos que possam viabilizar a sua melhoria e contribuir com o desenvolvimento sustentável do turismo no município.


Palavras-chave


Turismo. Indicadores de sustentabilidade. Desenvolvimento sustentável. Areia – PB.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.7784/rbtur.v10i3.955

Direitos autorais 2016 Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo

 

Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo
e-ISSN: 1982-6125 -  Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Nacional de Pós-Graduação em Turismo (ANPTUR) - Contatorbtur@anptur.org.br