A dinâmica diferenciadora e o processo de criação na gestão de destinos turísticos

  • Bruno Miguel Sousa IPCA - Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (Portugal) Universidade do Minho (Portugal)
Palavras-chave: Diferenciação. Empreendedorismo. Inovação. Gestão De Turismo. Processo De Criação.

Resumo

É notória a importância do empreendedorismo e da inovação na comunidade académica, assumindo-se como de aplicação global e ligado à criação de riqueza, independência e realização pessoal. Contudo, as interpretações em seu redor continuam fragmentadas, não se verificando uma definição unívoca em torno dos seus conceitos. Sendo o turismo um dos sectores económicos cujo grau de envolvimento é necessário para o seu sucesso, a diversificação de produtos e serviços turísticos torna-se uma exigência capaz de conduzir ao aumento da procura de novos tipos de necessidades em turismo incluindo oportunidades para um turismo mais sustentável. À semelhança de outros sectores emergentes numa economia moderna, o turismo é uma indústria dinâmica e em constante mudança. Desta feita, o empreendedorismo e a inovação assumem-se como fatores críticos no seu desenvolvimento, tanto a nível global como regional. O trabalho de reflexão, aqui  proposto, reúne e sistematiza os alguns dos principais aspetos inerentes ao empreendedorismo e processo de criação. Pretende-se, deste modo, proporcionar uma melhor compreensão no que concerne à essência do empreendedorismo e oricessi de criação numa ótica de destinos em turismo. De índole conceptual, o presente estudo pretende evidenciar algumas implicações numa perspetiva turística, bem como apresentado o modelo conceptual da natureza dinâmica do Triggering Process e inovação. Numa perspectiva interdisciplinar, este estudo visa compreender a dinâmica diferenciadora e o processo de criação na gestão de destinos turísticos, propondo a aplicação empírica do modelo conceptual ilustrativo da natureza dinâmica do Triggering Process em contextos específicos de turismo (e.g. turismo de negócios, turismo de natureza, city breaks). Com recurso a modelos de equações estruturais, espera-se que o estudo permita testar a teoria de ordem causal entre o conjunto de variáveis a propor. No final, procede-se a uma reflexão sobre o tema com a explicitação do modelo a aplicar numa ótica de turismo segmentado, discutindo-se linhas de investigação futura.

Biografia do Autor

Bruno Miguel Sousa, IPCA - Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (Portugal) Universidade do Minho (Portugal)
Bruno Sousa is a PhD student in marketing and strategy (University of Minho, Aveiro and Beira Interior – Portugal). He holds the degree in Management from the University of Minho, where he completed with a final score of 17 (received the prize for best student). He is currently teaching at the Polytechnic Institute of Cávado and Ave (IPCA - Portugal) – School of Management, where he teaches in the area of marketing, strategy and tourism. For four years, he was a Market Analyst in the Sonae Group – Sonae Distribuição, the biggest Portuguese economic group and market leader in the food distribution sector. In 2005, he apprenticed as a Marketing Assistant in the daily sportive newspaper "O Jogo" (four months), in Lisbon. Presently, he is the course director of Tourism Management in IPCA and a member of the Organizing Committee of the 2nd International Congress on Tourism – ESG/IPCA.
Publicado
10-03-2016
Seção
Artigos