Editorial

Autores

  • Margarita Barretto Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB), Brasil
  • Sênia Bastos Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v2i1.91

Resumo

O presente número da Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo – RBTur reúne um conjunto de artigos que, na sua diversidade de temas e indagações, indicam as problemáticas presentes no campo do Turismo. A incorporação de fontes primárias de pesquisa (listas de impostos e fontes orais), a abordagem crítica das modalidades de análise são temáticas obrigatórias dos livros de metodologia, e eis que nesse exemplar são tratados de forma instigante pelos autores, fornecendo pistas aos pesquisadores. Acrescentam-se a essas inquietações o exercício da profissão nas áreas naturais protegidas, as novas modalidades turísticas ou a docência em Turismo. Grandes desafios! No artigo “Hotelaria em Porto Alegre” Castilho e Peroni caracterizam e analisam a trajetória dos meios de hospedagem em Porto Alegre, de sua origem aos anos 1940, por meio da incorporação de fontes diversas de pesquisa, tais como periódicos (jornais e revistas do período), livros de registros de impostos (imposto localizado, imposto por valor locativo e imposto por espécie) e entrevistas com moradores antigos da cidade. “Culto aos ancestrais: encontros de família” resulta da pesquisa de Savoldi acerca de uma nova modalidade de viagem motivada pelos encontros de famílias. A internet é apontada como o elemento facilitador para a comunicação entre familiares residentes em diferentes cidades, estados ou mesmo países, que manifestam o desejo de reconstrução histórica dos laços familiares. A valorização das raízes italianas no Oeste de Santa Catarina manifesta-se por meio da celebração da italianidade em comemorações públicas na região, bem como pela reconfiguração do parentesco (com a renovação dos laços e a descoberta de novos familiares) que se materializa na festa: o encontro da família. O questionador artigo de Lobo e Moretti, “Ecoturismo: as práticas da natureza e a natureza das práticas em Bonito”, propõe uma reflexão acerca da modalidade do turismo praticada em Bonito, a conservação ambiental através do turismo e a artificialização dos destinos: “existiria na realidade essa forma de turismo? Ou seria somente um ideário para fomentar a sensação de se praticar turismo e ao mesmo tempo conservar a natureza e contribuir para o desenvolvimento social?” “Modelo clasificatorio de productos y turismos. El turismo de buceo en La Restinga (Islas Canarias) y L’Estartit (Cataluña)” trata do turismo de mergulho em áreas marinhas protegidas. Santana Talavera e De La Cruz Modino apresentam cuidadosa contextualização dos destinos e das figuras administrativas que determinam sua gestão, apontando a seleção de usos e a exclusão de usuários em decorrência da efetivação da legislação de proteção do patrimônio natural. Partindo do estudo de caso, propõem indicadores que permitam a análise da atividade turística, de maneira que seja possível prevenir os seus impactos. Silveira, Gândara e Medaglia apresentam os resultados de uma pesquisa realizada junto aos professores da disciplina Planejamento Turístico, dos cursos de Turismo de Curitiba, no artigo: “A disciplina de Planejamento Turístico no Ensino Superior de Turismo: das influências aos novos desafios”. Problematizam o perfil dos professores, a situação atual da disciplina, as relações entre os conteúdos e os métodos aplicados nas diferentes Instituições de Ensino Superior do município. A “Crônica do IV Seminário da Associação Nacional de Pesquisa e Pós- Graduação em Turismo - ANPTUR 2007” traz um panorama da quarta edição do Seminário da ANPTUR, que teve por objetivo reunir a comunidade científica para análise e discussão do tema “Pesquisa em Turismo e Hospitalidade: Configuração do Campo Científico” em suas diversas interfaces. Rejowski aponta o privilegiado espaço “para a atualização e intercâmbio de conhecimento em Turismo e Hospitalidade” que o Seminário tem constituído para professores, alunos e profissionais do setor. O livro resenhado por Trigo nessa edição, “Autenticidade: tudo que os consumidores realmente querem”, constitui instigante abordagem para os estudos de lazer e turismo. Trata da nova formação social, a sociedade de experiência, e a valorização da autenticidade, cujos produtos podem ser mensurados com o auxílio dos quadros e gráficos propostos por Gilmore e Pine II. Margarita Barretto Sênia Bastos Editoras

Biografia do Autor

Margarita Barretto, Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB), Brasil

Possui doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1998), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1993) e graduação em Turismo pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1984). É professora da Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB), pesquisadora do CNPq e Professora Voluntária na Universidade Federal de Santa Catarina. Fundadora do Grupo de Pesquisa CulTuS- Cultura, Turismo e Sociedade, do qual atualmente é vice líder. Líder do GeTIC, Estudos de Gestão em Turismo e Instituições Culturais, sediado na FURB. Tem experiência na área de Educação, e suas pesquisas tem focado a cultura, o turismo e o patrimônio e os estudos de antropologia do turismo. Assessora universidades brasileiras e estrangeiras nos temas de turismo, cultura e patrimônio. Membro efetivo da Aassociação Brasileira de Antropologia e do conselho editorial de revistas nacionais e internacionais de turismo e cultura (currículo atualizado em 25/12/2008).
CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/5628036340035162

Sênia Bastos, Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo, Brasil

Sênia Bastos é bacharel (1990), mestre (1997) e doutora (2001) em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é professora titular do Mestrado em Hospitalidade da Universidade Anhembi Morumbi, Diretora Científica da Associação Nacional de Pesquisa e Pós Graduação em Turismo ANPTUR e Editora da Revista Brasileira de Turismo - RBTur (currículo atualizado em 07/12/2008).
CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/9403222681503465

Publicado

2008-03-01

Edição

Seção

Editorial