Um olhar ético-crítico do turismo como objeto/ fenômeno intercultural de estudo

Autores

  • Celeste Nava Jiménez Universidad Autónoma del Estado de México
  • Rubén Mendoza Valdés
  • Marcelino Castillo Nechar

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v8i2.759

Palavras-chave:

Interculturalidade, Pesquisa, Turismo.

Resumo

A diversidade cultural é uma das características do mundo atual e apresenta oportunidades para novas abordagens na investigação social. O turismo como um objeto de estudo intercultural é uma questão que deve ser investigada por meio de pesquisas. Nesse contexto, o presente trabalho considera o turismo mais que um objeto de consumo, é primeiramente um fenômeno cuja possibilidade de ser analizado e interpretado está no significado e transcendência que o ser humano lhe dá como fenômeno. A finalidade da investigação é o estabelecimento de um grau de interdisciplinaridade entre os estudos de turismo e o mundo atual, rico em diveresidade cultural e fatos sociais complexos. O trabalho aborda três eixos principais: o primeiro relacionado ao plano da intercuturalidade como visão espistêmica do fenômeno do turismo. O segundo apresenta uma reflexão sobre o panorama ético crítico entre o turismo e a interculturalidade e; o terceiro propõe o turismo como fenômeno intercultural e ético. Conclui-se que o fenômeno do interculturalidade e do turismo são categorias que se correspondem em algum momento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celeste Nava Jiménez, Universidad Autónoma del Estado de México

Doctorante en Estudios Turísticos

Publicado

2014-09-01

Edição

Seção

Artigos