Capital Social e o Desenvolvimento de Redes Colaborativas: um Estudo de Caso sobre o Grupo Gestor do Turismo Rural do Rio Grande do Sul - RS, Brasil

Autores

  • Isabel Angelica de Andrade Bock Universidade de Caxias do Sul (UCS)
  • Janaina Macke Universidade de Caxias do Sul (UCS)

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v8i1.563

Palavras-chave:

Redes colaborativas. Capital social. Turismo rural brasileiro. Grupo Gestor do Turismo Rural do Rio Grande do Sul.

Resumo

Este estudo tem por objetivo contribuir para as discussões sobre análise de redes interorganizacionais, subsidiado pelas teorias de redes colaborativas e capital social. Elementos fundamentados nas noções de capital social são reconhecidos como grandes influenciadores da colaboração e da predisposição dos atores em colaborar. O método qualitativo foi adotado, utilizando as técnicas de pesquisa documental, observação direta e entrevistas aplicadas junto aos membros do Grupo Gestor do Turismo Rural do Rio Grande do Sul. A validade da aplicação dessas técnicas foi considerada de forma a enriquecer a análise e melhor compreender a dinâmica de relacionamentos entre os participantes do grupo. Os resultados apontaram que, em termos propositivos e operacionais, o Grupo Gestor se caracteriza como uma rede colaborativa interorganizacional, alternando momentos de colaboração intensa e de trabalhos independentes. Também, que os relacionamentos pautados pela confiança, reciprocidade e identificação, elementos estes relacionados às teorias de capital social, podem ser determinantes para o fortalecimento e para a continuidade do grupo, que enfrenta um momento de transformação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Janaina Macke, Universidade de Caxias do Sul (UCS)

Professora e pesquisadora da Universidade de Caxias do Sul (UCS)

Downloads

Publicado

2014-03-30

Edição

Seção

Artigos