INTERSECÇÕES ENTRE O MERCADO TURÍSTICO E O MERCADO DO SEXO EM SALVADOR, BAHIA, BRASIL

  • Cassiana Gabrielli UFBA
Palavras-chave: Turismo sexual. Relações sociais de gênero. Interações culturais.

Resumo

O presente artigo pretende trazer à discussão algumas questões sobre o relacionamento entre o mercado turístico e o comércio sexual na cidade de Salvador, capital do Estado da Bahia, situada na Região Nordeste do Brasil, focando, com especial atenção, a questão das relações sociais de gênero. Considerando o turismo um importante mediador social, propõe-se, a partir de algumas observações levantadas em entrevistas realizadas com dez profissionais do sexo atuantes em pontos turísticos dessa cidade, dialogar, com outros pesquisadores dessa temática, sobre as relações sociais e culturais entre turistas e autóctones, que podem refletir elementos de uma realidade mais ampla e, através da interpretação das formas pelas quais as relações entre os envolvidos em tal contexto se desenvolvem, sobre o turismo e, particularmente, sobre o seu viés conhecido como turismo sexual. É válido salientar que, nas discussões aqui apresentadas, aborda-se, apenas, a prostituição feminina heterossexual.

Biografia do Autor

Cassiana Gabrielli, UFBA
Doutoranda em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo (PPGNEIM) pela UFBA (Universidade Federal da Bahia); Mestre em Cultura e Turismo pela UESC (Universidade Estadual de Santa Cruz); Bacharel em Turismo pela UFPR (Universidade Federal do Paraná).
Publicado
06-09-2011
Seção
Artigos