Capacidade de Carga em Cidades Históricas

  • Fernando Vicente de Oliveira Universidade Paulista
Palavras-chave: Turismo cultural. Cidades históricas. Capacidade de carga. Conceito e manejo.

Resumo

Neste artigo são apresentados os conceitos de capacidade de carga e capacidade ambiental vinculando-os ao manejo de cidades históricas dentro dos pressupostos do turismo sustentável. A avaliação da capacidade ambiental é uma valiosa ferramenta para planejamento turístico. O principal é determinar até que ponto um meio ambiente pode suportar uma intervenção, sem que a mesma danifique ou prejudique a característica principal deste local. As cidades históricas e turísticas com desejo de fomentar o turismo devem, necessariamente, delimitar suas capacidades de crescimento, para geração de riquezas através de sua economia diversificada e, sobretudo, bem estar de sua população, principal objetivo do estudo de capacidade ambiental.

Biografia do Autor

Fernando Vicente de Oliveira, Universidade Paulista
Arquiteto e Urbanista. Mestre em Social and Environmental Studies (Estudos Sociais e de Meio Ambiente) pela Universidade de Liverpool, Inglaterra. Mestre em Planejamento Urbano pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Arquiteto responsável pelo planejamento urbano na Prefeitura da Estância Turística de Itu/SP. Professor de Estudos Ambientais – Universidade Paulista.
Publicado
07-08-2010
Seção
Artigos