Chamada de artigos - Turismo & COVID-19

06-05-2020
A RBTUR convida pesquisadoras e pesquisadores a submeter artigos sobre turismo e COVID-19 para publicação em sistema de fast-track. A importância da pandemia para o turismo não tem precedentes e a comunidade científica tem obrigação de contribuir para o conhecimento sobre o tema. Desta forma, considerada a urgência do assunto, artigos sobre turismo e COVID-19 recebidos até 31 de julho serão processados com celeridade especial e publicados imediatamente após o término do processo editorial, não ingressando na fila regular de artigos para publicação.   As abordagens, perspectivas e enfoques esperados sobre as relações entre turismo e COVID-19 são as mais diversas possíveis, desde que sejam atendidos os requisitos usuais de qualidade científica. Logo, a chamada de artigos está aberta à criatividade das pesquisadoras e pesquisadores. Não há definição a priori de quais tipos de contribuição são de interesse.   No entanto, já é possível prever três tipos de artigos que não satisfazem os requisitos para publicação na RBTUR. Em primeiro lugar, não são esperados artigos que descrevam os impactos da epidemia exclusivamente a partir de informações da imprensa ou outros documentos abertos ao público. Também não são esperados artigos que reportem pesquisas aplicadas buscando exclusivamente prever o comportamento dos consumidores, organizações ou destinos após a epidemia. Por fim, para esta chamada não são desejados ensaios teóricos, especialmente em razão do pequeno distanciamento possível neste momento.   Desta forma, os artigos submetidos devem contribuir para a ampliação do conhecimento já existente por meio de informações e ideias inovadoras e consistentes e que apresentem grande potencial de impacto científico e aplicado. Cabe destacar que a RBTUR não estabelece um limite mínimo de palavras para os artigos submetidos. Desta forma, os artigos submetidos a esta chamada podem ser curtos, tendo algo entre 2 mil e 5 mil palavras. O limite máximo de 10 mil palavras será mantido.   Mais do que nunca, a importância da publicação de dados abertos é destacada neste momento como forma de favorecer o rápido crescimento do conhecimento e dos impactos da pesquisa. A RBTUR reforça o incentivo dado ao compartilhamento de dados em repositórios permanentes e abertos.